quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Não posso amar

Não posso amar quem nunca me amou.
fonte da imagem
Não seria justo para mim se eu me sujeitasse a amar apenas uma ideia do que é amor.
Nunca poderei contentar-me com uma mediana. Se o fizer serei hipócrita e estarei em falha comigo mesma!

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

O fim...

Dizem que me media o tempo que se demorara a superar o fim de uma relação são três meses.
fonte da imagem
Ainda só passaram dois meses e eu sinto-me melhor do que aquilo que alguma vez me senti com ele.
Chamaram-me fria por eu não chorar, não sofrer, por eu me rir e por não pensar no assunto. Quando me perguntam se eu queria falar com ele, as pessoas ficam admiradas de eu dizer calmamente que não.
Porque haveria de querer retomar laços com uma pessoa que me magoou? Quem ama não magoa, e se a pessoa não parou para pensar no mal que me fez, não sou eu que lhe vou dar o melhor de mim.
Estou melhor assim, a todos os níveis.

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Não tenho medo de chorar

Não tenho medo de chorar. Durante muitos ano tinha receio de chorar, mas agora que já não tenho medo é tudo mais fácil.
Chorar é a maneira que a alma tem de se limpar. A dor é o pó da alma e deve ser limpo de quando em vez.
fonte da imagem
Se soubermos chorar é tudo mais fácil. Se chorarmos sem medo choramos menos, a dor torna-se mais suportável e aí percebemos que fez bem chorar.
Depois de chorar percebemos que a nossa alma está mais leve, as ideias mais organizadas e a nossa mente mais livre. Saber chorar é uma dádiva. Não evita o sofrimento, mas torna-o mais suportável quando o choro termina.

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Parei. Olhei para o infinito e sorri

É incrível como a vida tem os seus mistérios e a sua beleza.
O mais fantástico disto tudo é que depois de aceitarmos a mudança, nada nos pode parar e depois a pouco e pouco, a vida vai tecendo os seus desígnios.
Encontramos velhos amigos, dá-mos uma gargalhada, sorrimos para um desconhecido.
fonte da imagem
Existe tanto para ser feito... Coisas simples e sem preço, como sentir o sol na nossa pele. Atender o telefone e dizer a quem está do outro lado um "Olá" bem-disposto. Podemos mudar o dia de alguém. Podemos ser o raio de sol que falta na vida de outras pessoas, e se um dia deixarmos podemos deixar que os outros iluminem e aqueçam o nosso mundo.
As coisas são feitas aos poucos, sem pressa, deixe-mos que as coisas aconteçam... Afinal já vi que tudo acontece por um motivo.

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Julho foi assim...

Ainda se lembram dos meus objetivos para Julho?
fonte da imagem
Pois bem devo dizer que a minha taxa de sucesso foi muito boa e por isso mesmo me sinto muito orgulhosa.
Decidi aproveitar e partilhar com vocês os resultados do mês de Julho:



CHECK 1. Ler o livro "O Equador"; 
CHECK 2. Ver um filme; 
CHECK 3. Ver a 2ª temporada da série "O Mentalista"; 
CHECK 4. Começar a ler o livro "Sonhos Proibidos" 
CHECK 5. Atingir os 450 seguidores no blog; 
CHECK 6. Emagrecer 3kg; 
FAIL     7. Conseguir 835 seguidores no Instagram; 
CHECK 8. Conseguir uma parceria ou negócio; 
CHECK 9. Conseguir 1450 seguidores no Facebook; 
CHECK 10. Fazer uma nova lista de 101 coisas em 1001 dias.

Espero que o vosso mês tenha estado recheado de coisas boas e muitas realizações.
Mantenham-se atentos ao blog "Ontem é só Memória" e saibam tudo sobre os meus objetivos par agosto.
© A Pequena Boneca de Trapos | Blogger Template by Enny Law